Que não perdamos a capacidade de ajudar os outros mesmo quando eles não possam ver e mesmo que não possam nos dar em troca sua gratidão.



SEJAM BEM VINDOS


ENTRE E SINTA-SE A VONTADE.

Aqui neste cantinho voce encontrará palavras de fé, de amor de estímulo e de paz.
O nosso objetivo é o de levar até voce os ensinamentos do Cristo, de forma simples, mas enriquecedora ao seu bem estar.
Que o amor, a bondade e a misericória divina ilumine a todos.
Muita luz e paz em nossos corações.

Beijos fraternos.
Dilemar Neto.

AVE MARIA NO VIOLINO. OUÇA ENQUANTO LÊ AS MENSAGENS.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

LENDA OU REALIDADE? OPORTUNIDADE PARA REFLEXÃO.

Conta-nos uma lenda, que um rico e próspero empresário, saiu em viagem de negócios com o seu motorista,
pessoa  honesta, leal,fervoroso, humilde e de cor negra.
Após algumas horas de viagem foram surpeendidos por um carro que vinha em alta velocidade e transitando pela contramão.
Apesar dos  ingentes esforços do motorista, acabaram colidindo-se, vindo os dois, patrão e empregado a falecerem no local.
Equipes espirituais, que abnegadamente prestam  este tipo de  socorro na orbe terrestre, logo se aproximaram, executando as medidas necessárias para encaminhamento daqueles irmãos à sua nova realidade, em outra dimensão.
Foram os dois espíritos socorridos e levados para  tratamento adequado  em uma das muitas colonias lá existentes .
Decorrido algum tempo,após adaptações,estudo e trabalho, foram novamente contatados por amigos espirituais, desta vez para serem levados às suas novas moradas.
Andavam por um caminho bonito, onde a vegetaçao era predominantemente formada por enormes arvoredos,flores dos mais variados matizez, riachos e pássaros cantantes, que mais pareciam uma bela sinfonia a invadir o ar.
Ao longe, avistaram uma bela e aconchegante casinha,,rodeada por
arbustos em vários tons de verde, jardim magnificamente ornado por flores de indescritível beleza.

Ao chegarem bem em frente a casa, o amigo espiritual, virando-se para o motorista, diz: eis ai a sua nova morada. Cuide dela com o mesmo carinho e dedicação com que cuidava da sua casa na terra.


O "patrão" silenciosamente pensava: se o meu empregado, pobre e negro, vai morar numa casa dessa, a minha deve ser um espetáculo.
Despediram-se ali, e o espirito e "patrão! continuaram a caminhada.
À medida que andavam, a paisagem ia se transformando: o verde e as flores já não mais se faziam ver; 
Não se ouvia nem via riachos e pássaros .
As poucas árvores eram secas, o terreno pedregoso. Enfim, o lugar era árido e feio.
Ele continuava pensando: a qualquer hora tudo vai se transformar em um belo campo de flores,com cachoeiras,pássaros,e aquela música suave vai se fazer ouvir,
A poucos metros de onde estavam, viu uma casinha bem singela,e uma sequidão ao redor.
Ao chegarem em frente a casa, o amigo que o acompanhava,virando-se para ele diz: aqui nos despedimos, esta é a sua nova casa.

Cuide bem dela e procure transformá-la em uma casa bonita,agradável e rodeada de flores e frutos.
Surpreso ele respondeu: amigo, voce deve ter se enganado; como escolher para  o meu empregado  uma casa como aquela e eu que sou o patrão num casebre como este? Está errado.
Ao que lhe diz o espirito amigo, de forma simples,carinhosa e amável: não meu irmão, não me enganei.
Aqui não temos o direito de escolher nada para ninguém.
As casas aqui são construidas com o material que voces não enviam lá da terra,  quando ainda vivem na matéria.
Como assim, pergunta o "patrão" indignado.
É facil   a resposta, diz o amigo espiritual.
O seu " empregado" como o senhor a ele se refere, foi um homem de  bem, religioso, trabalhador honesto, bom pai, bom marido, fiel cumprindor dos ensinamentos do Cristo,humilde,prestativo e jamais se negou, seja em que circunstância fosse, a estender as mãos para tantos quantos o procuravam em busca de alimento ou de uma palavra consoladora.
Ele pautou a sua vida na caridade pura e, embora pobre no sentido material, possuia uma riqueza incomum em seu coração.
O Senhor, ao contrário,embora dono de posses valiosas materialmente falando,nunca se preocupou em conhecer a Deus, jamais serviu àqueles que não tivessem condições de retribuir um favor, nunca tinha tempo para a esposa e para os filhos, porque estava sempre preocupado em aumentar a riqueza.
Como vê, a lei é justa: Quem dá aos pobres empresta a Deus. 
E se permite um conselho, digo-lhe: Deus é bom pai e não esquece dos seus filhos: nunca é tarde  para arrepender-se e pedir a sua misericórdia.  Ela virá com toda a certeza.
Procure estudar  e praticar  os ensinamentos cristãos  e verá que novas oportunidades lhe serão concedidas.
Que a paz de Jesus esteja com o  irmão.
Meus amigos, se é lenda ou não, pouco importa. O essencial é a maravilhosa lição.
Portanto, não se esqueçam de preparar a casinha que será o seu novo lar. quando formos chamados.
Procurem viver de acordo com os ensinamentos do Pai, praticando a caridade, tendo bons pensamentos, exercendo o perdão com alegria e satisfação. São estes atos que irão ao Pai em forma de material de construção.
Luz,paz e muito amor em suas vidas.
Dilly.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PAI NOSSO ORQUESTRADO

SOU TEU ANJO

UM DIA A GENTE APRENDE.

♥i ♥♥