Que não perdamos a capacidade de ajudar os outros mesmo quando eles não possam ver e mesmo que não possam nos dar em troca sua gratidão.



SEJAM BEM VINDOS


ENTRE E SINTA-SE A VONTADE.

Aqui neste cantinho voce encontrará palavras de fé, de amor de estímulo e de paz.
O nosso objetivo é o de levar até voce os ensinamentos do Cristo, de forma simples, mas enriquecedora ao seu bem estar.
Que o amor, a bondade e a misericória divina ilumine a todos.
Muita luz e paz em nossos corações.

Beijos fraternos.
Dilemar Neto.

AVE MARIA NO VIOLINO. OUÇA ENQUANTO LÊ AS MENSAGENS.

sábado, 22 de maio de 2010

NÃO AO ABORTO. SIM À VIDA


A vida é um dom inalienável de Deus.
Como podemos nós, simples e imperfeitos mortais,
ousarmos inconsequentemente cercear a vontade do Pai?
Como por fim a uma vida que apenas se inicia e não nos pertence?
Como podemos ser tão estúpidos  a ponto de  decidir por outrem?
Não somos portadores de nenhuma autoridade para extirpação de vidas.
Filho não é o fim nem meio. Filho é o início de tudo.
Matar é crime em qualquer circunstância, mas o gesto se torna ainda mais hediondo, quando a vítima não detém qualquer meio de defesa.
E é assim que ocorre no aborto; o feto indefeso sofre duplamente as dores da dilaceração; uma pela dor física propriamente dita, a outra, talvés pior, por ver sua  missão ser brutalmente interrompida aqui na terra.
É provável que este espírito tenha esperado séculos para retornar, e de repente se vê indesejado  e expurgado por corações embrutecidos e mãos impiedosas.
É extremamente cruel e egoista impedirmos uma alma de passar pelas prova que serviria de intrumento ao corpo que se estava formando.
Devemos lembrar que se agora aqui estamos, inclusive escrevedo este artigo, é porque já tivemos um útero que nos abrigou,uma alma generosa que nos acolheu.
O aborto é um crime nefando e odiável.
Não olvidem que o ser em formação tem um compromisso cármico a ser cumprido e aquele que deter esta marcha,levará em sua bagagem de volta à casa do Pai, um pesado fardo chamado responsabilidade criminal.
E quando Deus perguntar a cada pai e à cada mãe: que fizestes do(s) filho(s) confiado(s) a vossa guarda?
Provalvemente Lhes faltará voz para responder-Lhe: eu pratiquei o aborto, eu matei meu filho.
Digamos não ao aborto. Digamos sim à vida..
Vamos receber,acolher e amar os filhos que bondosamente Deus nos enviar.
É tão gratificante, tão gostoso, tão salutar, vermos nossas crianças  nascerem amadas, vê-las a  correr pela casa, chamando, papai, mamãe e quando  na velhice,  podermos tê-las ao nosso lado.
Mães do mundo inteiro, pensem nisto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PAI NOSSO ORQUESTRADO

SOU TEU ANJO

UM DIA A GENTE APRENDE.

♥i ♥♥